blog

Qual o piso ideal para a garagem de carros?

Dicas para melhorar o seu lar

Qual o piso ideal para a garagem de carros?

Muitas são as dúvidas de qual o piso é ideal para ser aplicado na garagem, afinal, em alguns casos é um espaço de lazer, ou então, o interesse é um cuidado maior, pois existe a preocupação com o peso do carro sobre o local, e por isso, é preciso um material que seja mais resistente e também com uma duração ainda maior, já que no caso estará em uma maior exposição ao ar livre.

Mas, vamos a algumas dicas dos pisos mais procurados e sua relação de benefícios e após esta apresentação você encontrará uma facilidade maior na hora de decisão de compra. A primeira opção é o piso cerâmico e liso, muito procurado por conta de deixar a garagem visualmente mais bonita, porém, quando o carro é manobrado dentro dela, o contato do piso com o pneu gera em barulhos que provocam incômodos, mas, é um piso de fácil limpeza, porém, pode ser escorregadio.

O piso de cerâmica emborrachado é o tipo ideal para quem procurar por um piso que não deixe o local escorregadio, além de tudo, ele não causa os incômodos sonoros do piso citado anteriormente, porém, o seu ponto contra é que é um piso com uma dificuldade maior na hora da limpeza.

Há também a opção do próprio concreto, chamado também de contrapiso, o seu maior beneficio é o seu baixo custo, mas, em compensação a parte visual não é tão agradável quanto aos demais, além disto, ficará em desproporção com os outros cômodos da casa. Mas, ele é ideal para lugares que sujam com muita facilidade e possuem um movimento maior.

A pedra mineira, as famosas pedras utilizadas para serem aplicadas ao redor das piscinas, também são uma opção para você colocar na garagem. As pedras são uma alternativa fácil quando o objetivo é não ter desnível na sua garagem. Porém, o custo é um dos maiores com relação às demais opções apresentadas. Mas, a sua garagem estará muito mais charmosa e diferente, e além de tudo, são resistentes, ou seja, um investimento com uma duração mais prolongada.

O importante é você analisar a relação de custo e beneficio para você. Às vezes, com um piso de um custo maior, você terá uma duração maior também, o que em consequência, torna-se barato. O fator visual também é um ponto a ser levado em conta, pois será uma das principais partes da sua casa que estará em amostra a quem chegar ao local. Por isso, é importante analisar todos os prós e contras e escolher o melhor dentro do seu orçamento e gosto.